Exemplo 6: Pai e Mãe (casados pela comunhão parcial de bens), pais de A, B e C. B é pai de B1. C é pai de C1 e C2. O casal possui bens comuns adquiridos na constância do casamento (aquestos) no valor de R$ 6.000,00. Faltando o pai como será dividida a herança?
Resposta: Pela meação a mãe tem direito a 50% , ou seja R$ 3.000,00 os outros R$ 3.000 são divididos entre os 3 filhos, cabendo R$ R$ 1.000,00 para cada.

Exemplo 7: Pai e Mãe (casados pela comunhão parcial de bens), pais de A, B e C. B é pai de B1. C é pai de C1 e C2. O casal possui bens comuns adquiridos na constância do casamento (aquestos) no valor de R$ 6.000,00. E o pai possui também particulares herdados de R$ 4.000,00. Faltando o pai como será dividida a herança?
Resposta: Com relação aos bens comuns: pela meação a mãe tem direito a 50% , ou seja R$ 3.000,00 os outros R$ 3.000 são divididos entre os 3 filhos, cabendo R$ R$ 1.000,00 para cada. Quanto aos bens particulares caberá ¼ para cada um , ou seja R$ 1.000, 00 (conforme artigo 1.832, CC).

Exemplo 8: Pai e Mãe (casados pela comunhão parcial de bens), pais de A, B , C e D. B é pai de B1. C é pai de C1 e C2. O casal possui bens comuns adquiridos na constância do casamento (aquestos) no valor de R$ 8.000,00. E o pai possui particulares herdados de R$ 16.000,00. Faltando o pai como será dividida a herança?
Resposta: Com relação aos bens comuns: pela meação a mãe tem direito a 50% , ou seja R$ 4.000,00 os outros R$ 4.000 são divididos entre os 4 filhos, cabendo R$ R$ 1.000,00 para cada. Quanto aos bens particulares caberá ¼ para a mãe , ou seja R$ 4.000, 00 e o restante R$ 12.000,00 será divido entre os 4 filhos, ou seja R$ 3.000,00 para cada. (conforme artigo 1.832, CC).

Exemplo 9: Pai, viúvo, pai de A, B e C. B é pai de B1. C é pai de C1 e C2. Além dos filhos em comum o pai possui um filho unilateral A. O casal possui bens comuns adquiridos na constância do casamento no valor de R$ 14.000,00. Faltando o pai como será dividida a herança?
Pela meação a mãe tem direito a 50% , ou seja R$ 7.000,00 os outros R$ 7.000 são divididos entre os 4 filhos da seguinte forma: o irmão unilateral herdará metade dos irmãos bilaterais (artigo 1,841, CC), cabendo então R$ R$ 1.000,00 para o unilateral e R$ 2.000,00 para cada irmão bilateral.